Dois homens são procurados pela polícia suspeitos de atirar contra motorista após briga de trânsito em Uruaçu

Dois homens são procurados pela polícia suspeitos de atirar contra motorista após briga de trânsito em Uruaçu

Dois homens são procurados pela Polícia Civil por atirar contra um motorista após uma briga de trânsito em Uruaçu, no norte de Goiás. Segundo a investigação, câmeras de segurança registraram quando Jorge Willian Xavier Sasaki, de 36 anos e Aristóteles Santos Miranda, de 38, efetuaram dois tiros, cada um, contra o outro condutor. O alvo da dupla não ficou ferido e conseguiu fugir.

O crime aconteceu em 15 de abril deste ano, às 20h30, na Avenida Coronel Gaspar. Segundo o delegado Sandro Leal Costa, do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Uruaçu, no dia, os suspeitos tiveram uma briga de trânsito com o outro condutor e, após isso, tentaram matá-lo.

“Esse foi um caso que chamou bastante atenção da Polícia Civil e também da comunidade local, justamente pela impulsividade, agressividade e perigosidade das condutas destes dois autores, que por um motivo aparentemente fútil decorrente de uma briga de trânsito partiram para cima da vítima e a receberam a bala”, disse.

Conforme o investigador, os dois tiveram a prisão preventiva decretada por tentativa de homicídio e porte ilegal de armas de fogo. Até as 15h desta terça-feira (4), os homens ainda não tinham sido presos, segundo Sandro.

“Baseada nas investigações, a polícia representou pela prisão preventiva e assim foi decretada. Hoje eles são considerados foragidos da Justiça”, explicou.

Agora, a Polícia Civil divulgou imagens dos suspeitos, com o objetivo de prendê-los. O delegado informou ainda que denúncias sobre os paradeiros de Jorge Willian Xavier Sasaki e Aristóteles Santos Miranda podem ser feitas pelos telefones 197 e (62) 3357-1020.

O delegado informou que nenhum advogado se apresentou à polícia em nome dos suspeitos. Assim, o G1 não conseguiu localizar a defesa deles para que se posicione sobre o caso.

Fonte: G1-Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *