Crônica: MEU PAI

Crônica: MEU PAI

Ou: Feliz Aniversário

PSEUDÔNIMO: Léo Daniel

Feliz Aniversário, Vicente, meu pai…

Se de fato eu quiser falar com Deus tenho na vida meu pai.

Se eu quiser ficar calmo e sereno tenho a sabedoria do meu pai, fruto de uma imagética inconsumível e dona do próprio olhar, a vida celebro amanhã quando meu pai fará 83 anos de vida. Sempre forte, continue pai a luta sua é também a luta nossa, de todos seus filhos, netos, bisnetos e amigos. Pai, olha que família linda que você constituiu, e firme, e, forte venceu. Venceu a luta viveu o bom combate… então pai lute ainda mais, pois da espera nasce grandes acontecimentos, nos quais a vida decifra os sonhos mais bonitos do nosso coração… que bate… mas que também apanha.

Assim, dessa forma surge do céu um anjo dizendo “hoje o dia é seu”, aproveite cada segundo, vibre celebre, o senhor vem vencendo mais e mais essa terrível pandemia…

Mas estamos vivendo um dia de cada vez mais e cada vez mais tudo se tornará mais claro, pois estaremos nos vendo diante dos desígnios do Grande Arquiteto, ele guarda a chave do amor que em si tem o poder dos segredos, que transforma os homens em anjos. Nietzsche também é seu filho, sal nas mãos…

E hoje eu quero celebrar e agradecer, antes da pandemia era diferente, mas o amor ainda prevalece, continua e vence. A vida que pisca é um brinquedo nas mãos de uma criança, e pai, o seu coração é de menino… Cantam anjos ao nosso redor o amor é um grande desafio, são os passarinhos, pois se existe sendas para vencer, para o medo não há explicação e não há na verdade nada a perder, porque o Querubim nos protege, nos guarda e nos beija. A vida segue, são eles (os Querubins) a força maior do Universo. É deles que vem o Amor e a Sabedoria.

Pai, lute até o final sábios como o senhor são longevos então temos muitos anos antes da sua viagem, e claro, o senhor será ocupado no Céu… E quando olhar Jesus nos olhos verás que você é um Hierofante, e em lágrimas vão os dois se abraçar.

Mas não vamos pensar nessas questões episódicas e sim celebrar a graça de viver, somos todos loucos por você, precisamos do seu carinho, do se afeto e do seu amor, hoje e sempre, a vida é sua pai, não há um dia que não me dê a vontade de te ver é só por isso que uso o telefone, pelo menos para matar um pouquinho a saudade… Pai você é espirituoso, tem gestos firmes como um leão mas leve como um beija-flor, pai eu te amo! Não só eu, nós…

Viva

A Vida

Esplêndida e bela

Com fé esperança e caridade com amor

Leonardo Daniel Ribeiro Borges

01/05/2021

Inhumas, Goiás

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *