Mãe e filho são arrastados por cerca de 15 metros, atropelamento resulta em morte

Mãe e filho são arrastados por cerca de 15 metros, atropelamento resulta em morte

No último domingo (11), uma mulher morreu ao ser atropelada na cidade de Ceilândia. O acidente aconteceu na QNM 8, na via Leste. Layane Alves dos Santos Ramos, 21 anos, estava com o filho quando foram atingidos por uma motocicleta. De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), as vítimas foram arrastadas por cerca de 15 metros no asfalto.

Mãe e filho foram atingidos por uma moto Honda CB 300 vermelha. O condutor foi identificado apenas como Phelipe, 29 anos.

Testemunhas que estavam no local informaram que o menino estava na calçada e correu atrás da mãe, que estava atravessando a pista. Assim, a mulher voltou para busca-lo e os dois foram atingidos. Layane não resistiu aos ferimentos e morreu na tentativa de proteger o filho.

O menino de 4 anos, foi socorrido e levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Ele foi levado para o Hospital Regional de Ceilândia. Ele deu entrada em estado gravíssimo na unidade e foi transferido para o Hospital Base. Nesta segunda feira (12), ele precisou passar por uma cirurgia e esta na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

A ocorrência foi registrada como atropelamento de pedestre fatal e lesão corporal culposa, na direção de veículo automotor.

De acordo com o Delegado da 15º Delegacia de Polícia, Antônio Dimitrov, o inquérito do caso já foi instaurado. “Vamos juntar as informações sobre o fato, encaminhando os autos ao Judiciário. As vitimas foram arrastadas por cerca de 15 metros”, completou o delegado.

Já o motociclista, permaneceu no local para acompanhar o atendimento das vítimas e não sofreu nenhum ferimento grave. Após ser atingida pela moto, Layane teve uma parada cardiorrespiratória.

No atendimento, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), trabalhou com quatro veículos, uma aeronave e 20 militares.

Fonte: Diário da Manhã

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *